Tudo pelo Dão – #daowinelover

1º Encontro e Prova Internacional de Vinho - #Encontro11

Estávamos na segunda metade dos anos oitenta e das primeiras memórias que tenho sobre vinho é encontrar na garrafeira do meu pai, bastante garrafas de vinho tinto da Sogrape, da marca Grão Vasco, com um lettering bem distintivo com a palavra Dão.
Parece tudo confluir para o Dão!

Casa da Passarela Vinhas Velhas 2008

Dois dos mais populares Wine Bloggers Portugueses, o Rui Miguel Massa e o Miguel Pereira, decidiram fazer lobby pelos vinhos da Região Demarcada do Dão.
Existe assim um grupo no Facebook para o efeito o #daowinelover, e através do Twitter também se pode ir seguindo o que vai sendo dito através desta mesma hashtag #daowinelover.

Porta dos Cavaleiros Reserva 2007

É um grupo de discussão exclusivo para amantes do vinho do Dão, que vai certamente juntar muitas pessoas em seu redor, pois a região produz vinhos bastante carismáticos.
O produtor João Tavares de Pina, sobre os vinhos do Dão refere-se “que os autênticos, são austeros, sempre com a terra a marcá-los”, partilho dessa mesma opinião, e esse talvez seja o perfil que um amante e conhecedor de vinhos procura e identifica na região do Dão.

Adegga Wine Market 2011

Espero que este grupo possa proporcionar boas discussões!

Mais um jantar tardio no Rubro

Acho que já começa a ser uma tradição o jantar no Rubro da Rua Rodrigues Sampaio 35, na véspera de um Adegga Wine Market.

Sair e não sair do trabalho, chegar e não chegar, chega-se quase sempre no fim, mas ainda a tempo de provar alguns dos vinhos do jantar!

Casa Ferreirinha Colheita 1998, uma pérola do Douro.
Quem não gosta deste tipo de veludo!?

O Quinta D. Maria 2002, estava bem vivo. Gostei essencialmente do nervo que ainda apresentava.

Umas carnes de Porco Preto, bem suculentas para acompanhar estes vinhos do Douro.

Tinha este Madeira Sercial Velho Extra Seco, em casa e achei que seria o momento certo para o abrir, num jantar de amigos e grandes apreciadores de vinhos.

Um blend de vários vinhos da casta Sercial da Cossart de ínicio dos anos ointenta.
Foi o que consegui apurar, pois a garrafa não apresenta qualquer indicação referente ao vintage ou data de engarrafamento à excepção do imposto de selo.
Impressionante a longevidade dos vinhos Madeira, este esteve a cozer num armazém antes de me chegar ás mãos, mas mesmo assim apresentava alguma alma.

O jantar acabou cedo, pois os preparativos para o Summer Wine Market 2012 iam começar daí a poucas horas!

About Wine – Vinhos & Gourmet – tertúlia

O imprevisto por vezes concede-nos momentos fantásticos.
Parece impossível, mas desde a sua abertura em Dezembro do ano passado que estava para visitar a About Wine – Vinhos & Gourmet em Faro.
Nem ainda tinha conseguido participar nas suas actividades, porque pura e simplesmente marcava coisas para as mesmas datas antes de os consultar (uma falta minha, eu sei).
E finalmente esta Sexta-feira que os ia visitar para participar numa actividade, um cancelamento em cima da hora, fez inviabilizar a actividade. Por sorte tinha o telefone sem bateria quanto me tentaram avisar.
Impossibilidade de uns, sorte de outros.

Foi isso que me aconteceu, acabou-se por fazer uma agradável tertúlia à volta do vinho. Afinal de contas estávamos no local ideal!
Sem dúvida que não é uma garrafeira convencional, não esperem encontrar alguns cavalos de batalha de algumas marcas nos seus escaparates.
A escolha é bastante pessoal e séria.
A aposta é na diferenciação, o Luís Figueira e a esposa tentam romper com a monotonia reinante.
Pretendem ajudar todos aqueles que os visitam, hora seja porque já conhecem um determinado vinho, ou porque não sendo conhecedores procuram um vinho com um determinado perfil. Ajudando assim o consumidor a consumir vinho de uma maneira mais esclarecida.

Digamos que é isso que tem faltado em Portugal, se queremos passar da imagem do vinho a granel para um consumo de vinho de qualidade.
Temos de ter locais especializados, com gente especializada em vinhos para dar a conhecer o que de melhor se faz no mundo dos vinhos em Portugal.

O sucesso passa pelo aumento do conhecimento de quem consome.
Ganharam um fã.

About Wine - Vinhos & Gourmet

Vinhos provados:

Bruto Monge 2007
Espumante, Portugal
Produtor: Casal Branco
Cor palha cristalina, aromas complexos de frutos vermelhos maduros, frutos secos, notas de especiarias, harmoniosamente integradas com frescura e acidez.
As bolhas são finas e persistentes.

Quinta S. João Batista Reserva 2007
Vinho tinto, Portugal
Produtor: Enoport
Aroma intenso a frutos do bosque macerados e groselha.
Um vinho macio, bem estruturado e de final longo.

Seis Quintas 2008
Vinho tinto, Portugal
Produtor: Seis Quintas
Fruta vermelha madura e uma sensação balsâmica, quase que petroleo ou alcatrão.
Potente e com boa acidez. A repetir.

Quinta do Francês Odelouca River Valley 2008
Vinho tinto, Portugal
Produtor: Patrick Agostini.
Um vinho Algarvio que talvez em prova cega trocasse as voltas a algumas pessoas.
De cor rubi escuro e exuberante nos aromas a frutas escuras.
Expressivo, elegante e equilibrado com um final longo.
O Cabernet Sauvignon serve de suporte a este vinho recebendo das outras castas varias notas que o tornam bastante agradável.

Graham’s Six Grapes Reserve Port
Fortificado, Portugal
Produtor: Graham’s
De cor vermelho escuro, com um perfume sedutor. Rico em ameixas maduras e cerejas.
Complexo e com uma boa estrutura.