III Encontros Vínicos do Vinho Verde – Prova de Vinhos

Ainda faltava escrever sobre a prova de vinhos que decorreu no Sábado passado na praça da República em Viana do Castelo. Promovida pelos III Encontros Vínicos do Vinho Verde.
Com muita pena minha, não consegui ficar para as restantes actividades devido a questões profissionais.

adegapontedelima
A Adega Cooperativa de Ponte de Lima, estava presente e aproveitava para apresentar três novos rótulos, respectivamente Vinho Verde Adamado, Vinho Verde Branco e no Vinho Verde Tinto. A palavra Cooperativa, deixa de figurar no rótulo, para apenas ostentar Adega Ponte de Lima.
Gostei destes novos rótulos e compreendo a questão de deixarem de usar a palavra Cooperativa no rótulo. O antigo era este.
Relativamente aos vinhos, são directos e bastante honestos, e os preços são de combate.

Lourosaespumantes
Os espumantes da Quinta de Lourosa, chamam à atenção pelos fantásticos rótulos que possuem, de criação espanhola.
O meu preferido foi o Quinta de Lourosa Espumante Bruto Tinto, com muita fruta negra. Um espumante tinto a repetir.

solardavideira
O Solar da Videira é um 100% Vinhão do Solar do Louredo, e apresenta no rótulo uma cepa que eles dizem ter 450 anos. Impressionante.
Sobre este vinhão, tinha um nariz muito floral, talvez a rosas, interessante!

pecadinhosdoabadeLoureiro
O produtor Laureano Barbosa Machado é mesmo sobrinho do Abade.
Os rótulos dos seus vinhos são de uma grande ternura e humor.
Gostei bastante do Pecadinhos do Abade Loureiro Reserva 2012, com boa concentração de fruta e acidez. Um bom exemplar da casta.

pecadinhosdoabadeVinhao
Mas o meu vinho preferido deste produtor foi o Pecadinhos do Abade Vinhão Reserva 2012, um 100% vinhão diferente do habitual, macio, mais moldado, pronto a ser degustado, sem necessidade de ser à mesa.
A mostrar muito encanto.

barrio_rose
Novidade este Barrio Rosé, um Rosé com um carisma enorme. É para aventureiros, pois não é aquele sumo de framboesa para o Verão.
As castas são variadas e locais como Vinhão, Azal tinto, Borraçal e acho que ainda Padeiro de Bastos, tudo provenientes de cepas já adultas.
Gostei de ver um novo produtor a mostrar toda a singularidade da região dos Vinhos Verdes.
O resto é o que se sabe solos graníticos, clima continental com verões muito quentes e com pouca humidade, a criarem vinhos distintos.

Esta prova decorreu num ambiente muito informal, mas nem o Senhor do Socorro nos valeu no que diz respeito aos copos de vinho.
Terá sido a Câmara Municipal de Viana do Castelo a disponibilizar os ditos copos, eram copos, mas não para provar, pois não dignificaram a prova destes vinhos da região.
Aceitem esta critica como construtiva, pois apenas pretendo que em próximas edições se deguste o vinhos da melhor forma possível.
Para verem que isto não é uma mania minha, nem obsessão por copos próprios para uma correcta prova de vinhos, vejam este último video do conceituado provador de vinhos Jamie Goode.

Gostei muito de regressar a Viana do Castelo e mais apaixonado fiquei pelo potencial dos Vinhos Verdes.

3 thoughts on “III Encontros Vínicos do Vinho Verde – Prova de Vinhos

  • 14 Junho, 2013 at 17:12
    Permalink

    Sou brasileira e estive em Mondim de Bastos, onde tive a honra de conhecer os produtores do Vinho Barrio Rosé, Sra. Rosa Maria Cardeano Mota e Sr. Carlos, e degustamos este fabuloso vinho. Também gostei muito do sabor do Vinho Verde. Assim que trouxe umas garrafas para presentear alguns amigos. Muito giro, como diriam os portugueses.

    Reply
  • 17 Junho, 2013 at 20:16
    Permalink

    Continuarei divulgando aqui no Brasil esta grande marca Portuguesa. Um forte abraço, Scheila Machado.

    Reply

Deixar uma resposta