Jantar vínico Herdade do Esporão – Private Selection na Quinta da Ria Golf

Vinhos servidos ao jantar

Sexta-feira 13, jantar vínico na club house do campo de Golfe da Quinta da Ria.

Rolo de Peru Recheado com Requeijão, Pimenta Rosa e Mel de Rosmaninho
Rolo de Peru recheado com requeijão, pimenta rosa e mel de rosmaninho.

O welcome drink, escolhido para nos receber foi o Espumante da Herdade do Esporão Bruto 2010.
Este espumante têm um aspecto límpido, apresenta uma bolha fina e um cordão vibrante e de paladar elegante.
Acompanhanou muito bem o rolo de peru recheado.

Luís Patrão
Luís “Vadio” Patrão – a brindar com espumante.

A presença do enólogo Luís Patrão da Herdade do Esporão, animou e tornou o jantar ainda mais interessante.
Saber que uma ida sua à Australia lhe viria a mudar a vida por completo, confirma que muitas vezes temos que fazer o que o coração nos pede e não aquilo que parece ser o mais acertado.
Um lição para o futuro.

Carpaccio de Novilho com Lâminas de Parmesão e Rúcula, perfumado com Vinagre Balsâmico de Modena
Carpaccio de novilho com lâminas de Parmesão e rúcula, perfumado com vinagre balsâmico de Modena.

Este Carpaccio de novilho arrancou muitos sorrisos na mesa juntamente com o Esporão Reserva Branco 2011.
Em 2011 com as castas Antão Vaz, Arinto e Roupeiro. Com um nariz a apontar para citrinos e a denunciar um excelente trabalho em barricas. Na boca afinado, redondo com a tosta em boa proporção.

Lombinho de Bacalhau com Broa de Milho e Batata a Murro
Lombinho de bacalhau com broa de milho e batata a murro.

Bacalhau, broa e batata a murro, uma tríplice que não falha! E o lombinho tinha o sal no ponto.
Para acompanhar tivemos o Esporão Private Selection Branco 2010, um blend de Semillon, Marsanne e Roussane.
De cor palha, o aroma doce, a fazer lembrar fruta – perâ, envolto nas notas fumadas da madeira. Na boca é encorpado, cremoso e elegante.
Não se podia esperar outra coisa pois estavamos a beber um dos vinhos de topo desta casa do Alentejo.

Peito de Perdiz Assado
Peito de perdiz assado sobre seu osso, perna confitada, cebolada e emulsão de Vinho do Porto branco e uvas frescas.

O prato de carne foi apresentado com esta maestria pelo Chef Humberto Paulos, um ninho de perdiz feito com batata frita.
Não só tinha boa apresentação como sabia muito bem. Fantástica a calda que cobria as uvas.

Perdiz, Alentejo – Esporão Private Selection Tinto 2008.
Elaborado a partir das castas, Alicante Bouchet, Aragonês e Syrah.
De uma cor granada profunda, aroma a frutos pretos com um agradável sabor a tosta. Na boca sedoso, os taninos – sempre os taninos – robustos. Um vinho denso com um final longo.

Um vinho competente que nos ajuda a educar o nosso palato.

Toucinho-do-Céu de Murça com Gelado de Baunilha e Coli de Morango
Toucinho-do-Céu de Murça com gelado de baunilha e Coli de morango.

O que melhor que um vinho do Porto para ligar com um Toucinho-do-Céu confeccionado no próprio dia?
O Quinta dos Murças Old Tawny 10 Years é um vinho fortificado do Esporão.
Apresenta um cor âmbar, com um aroma onde sobressaem os aromas a frutos secos e um ligeiro toque a baunilha. O paladar é elegante e com boa frescura no final.

Boa companhia, bons pratos e grandes vinhos, foi um jantar perfeito à prova de qualquer superstição.