Senses Syrah 2011

Senses Syrah 2011

Mais uma das novidades desta primavera é este vinho da Adega de Borba Senses Syrah 2011, um 100% Syrah.
Um vinho ainda bastante jovem e que irá ser uma boa escolha para umas carnes vermelhas grelhadas.

Muito importante é a temperatura de serviço, deste e de todos os vinhos, não custa muito preparar a mesma – irá melhorar sempre a forma como iremos apreciar cada um dos vinhos!

Este Syrah no copo apresenta uma cor retinta, densa. No nariz é quente e cheio com muitos frutos pretos. Com um final agradável.
Esperava um Syrah com mais pimenta, mas este vinho revelou-se mais rico em ginja madura que pimenta preta.
Definitivamente um jovem Syrah de boa acidez e guelra, tendo tido uma curta passagem por carvalho francês.

Por instantes regressei à minha infancia quando ia visitar a Rita, ao final da tarde à Galiza e atravessava vários degraus cobertos com ginjeiras com a minha avó.

Um tinto competente para um PVP anunciado de €6,50.

Nota: Vinho enviado pela Adega de Borba.


Podem também ler e comentar sobre estes vinho no Instagram!

Senses Touriga Nacional 2011

É com grande estima que recebo pela primeira vez os vinhos da Adega de Borba, para os comentar no blogue.

Devo dizer que tenho esta Adega Cooperativa em grande admiração, acima de tudo porque a meu ver, representa um Portugal com tradição que soube a devido tempo actualizar-se e dar lugar aos mais novos – às suas ideias e equipamentos.
Não sei se a revolução foi tranquila, mas os resultados estão à vista de todos.

Adega de Borba, que para mim são garrafas e garrafas de Convento da Vila, cápsulas de chumbo e assinaturas do presidente na dita cápsula.
Decorria o início dos anos noventa, eu vivia na região do Alto Alentejo e durante o Verão o meu passatempo preferido era retirar chumbo das garrafas vazias entre as quais as da Adega de Borba. Hoje em dia este material já não se utiliza por se revelar prejudicial à saúde e foi substituído por uma outra liga de metal ou em alguns casos PVC.

Mais tarde não sei quantas abri com o saca rolhas, quando comecei a ajudar o meu pai. Os reservas e os rótulos de cortiça tinham um sabor especial.

Senses Touriga Nacional 2011

Mas regressando ao presente, o Senses Touriga Nacional 2011, é um mono casta de Touriga Nacional com sotaque Alentejano – não há qualquer dúvida.

Retinto de cor violeta. O nariz é potente, quente, cheio de compota de frutos negros e perfumado. Predominam como se esperaria aromas a violetas.
Este 2011, ainda está cheio de juventude, os taninos apimentam este vinho, mas controlados. Uma vez mais fruta compotada – sem ter aquela extracção exagerada, com um ligeiro fumado, apimentado e de boa persistência.
Um vinho que a adega anuncia com um PVP a rondar os €6,5.

Uma Touriga Nacional com sotaque Alentejano, que servido ligeiramente abaixo dos 18º acompanhará muito bem umas carnes vermelhas!

Nota: Vinho enviado pela Adega de Borba.

Monte da Cal Alicante Bouschet 2007

Fim de tarde de Segunda-Feira na About Wine – Vinhos & Gourmet no qual entre dois dedos de conversa e um queijo Alentejano provamos entre outros vinhos o Monte da Cal Alicante Bouschet 2007.
Ainda não tinha tido a oportunidade de provar este monocasta Alentejano comercializado pela Dão Sul.

Possui um aroma a frutos silvestres, paladar muito equilibrado e com uns finos taninos.
Não defrauda, e é uma boa compra abaixo dos €10,00.