Adega da Cartuxa – visita

Adega da Cartuxa

Na sequência do programa de actividades da Mostra e Prova de Vinhos do Alentejo referente à 9ª edição da Rota de Sabores Tradicionais, estava agendada uma visita à Adega da Cartuxa.

Adega da Cartuxa

Adega da Cartuxa

Já cheguei atrasado à Adega da Cartuxa e a visita já tinha arrancado.
Como quem chega fora de horas não embarca no voo, o mesmo me aconteceu a mim.
Nada a dizer, normas são normas.

Depois da visita à adega viria a acontecer uma prova de vinhos.
Entreti-me a fazer umas fotografias para passar o tempo.

Em prova estiveram dois vinhos e alguns azeites desta casa de Évora.
Mas apenas provei os vinhos.

Adega da Cartuxa

Foral de Évora Branco 2009
Um extremo de Assario, com um nariz bastante guloso.
Na boca recordo a frescura e uma boa complexidade.
Um vinho interessante para um fim de tarde.

Foral de Évora Tinto 2008
São precisos vinte e quatro meses para que este vinho possa chegar ao mercado. Com doze meses de estágio em barricas novas, seguem-se mais doze meses em garrafa.
Com uma cor concentrada, frutado no nariz, na boca geleia e a madeira a revelar-se bastante agradável. Com um final longo e marcado.

Os vinhos Foral de Évora apenas existem desde 2001 e surgiram da oferta da marca pela autarquia local.

Terei de voltar um dia a horas para conhecer a adega e provar as restantes referências da Cartuxa.

Mostra e Prova de Vinhos do Alentejo

20120218-145245.jpg

Tinha feito planos para rumar ao Porto para participar no Palácio da Bolsa na EV, mas os planos foram alterados e estamos este fim-de-semana na região do Alentejo.

20120218-145720.jpg

E não é que a Câmara Municipal de Évora, em colaboração com a Comissão Vitivinícola Regional Alentejana, promove neste mesmo sábado, dia 18 de Fevereiro, uma iniciativa pública de promoção dos vinhos do Alentejo, integrada no programa cultural da 9ª edição da Rota de Sabores Tradicionais.

Perfeito!

Assim, passei boa parte da manhã na Praça Joaquim António d’Aguiar (Jardim das Canas), na sede da CVRA, numa provas de vinhos do Alentejo.

E para o fim de tarde, vai haver uma visita à Herdade da Cartuxa.

20120218-150206.jpg

De todos os vinhos em prova, hoje foram estes os que mais me agradaram:

Guadelim Tinto 2008
Um vinho totalmente novo para mim, grande surpresa.
Com um aroma fantástico a fruta, uma tosta fina e vivo.
Um vinho claramente de perfil Alentejano mas com um toque de modernidade.
Pvp €6,00

Santos Jorge Tinto 2010
Com bastante frescura, fruta fresca um vinho a respirar a melhor tradição dos vinhos do Alentejo.
Pvp €6,30

Granja-Amareleja Alfrocheiro 2009
Um alfrocheiro extremo da Cooperativa Agricola de Granja que é uma explosão de aromas no copo, um senhor vinho.
Gastronómico e quente. Resultou muito bem o estagio em barrica Francesa.
Comprei.
Pvp €8,00

Herdade dos Coteis Reserva Tinto 2009
Cor granada carregada, aroma perfumado, na boca macio com um toque agradável a madeira.
Pvp €8,00

[Irei completar o artigo nas próximas horas com os respectivos links]