BA Wine Bar do Bairro Alto – Apaixonados pelo mundo do vinho

Um voo de ligação que já tinha partido fez-me passar uma noite em Lisboa, e assim visitei o BA Wine Bar do Bairro Alto, um wine bar cheio de paixão pelo vinho!

A selecção de antigos vinhos fortificados é muito interessante, de antigos Tawnys a Madeiras míticos a escolha é variada.
Nos vinhos de mesa a selecção também é bastante ecléctica.

Mas é à mesa que se vê a chama desta casa.
Apaixonados pelo mundo do vinho e sempre com uma pequena história para partilhar sobre cada vinho.


Este foi um flight surpresa servido pelo Rui Rossa, em prova cega. De notar uma ginjinha com 20 anos que foi uma tremenda provocação.

BA Wine Bar do Bairro Alto
Rua da Rosa, 107
1200-382 Bairro Alto
Lisboa

Tel. 21 346 11 82

Bétula 2010

Bétula Branco 2010

É sem sombra de dúvidas o artigo que esteve mais tempo em draft aqui no blog, não merecia pois o Bétula 2010, foi um dos meus vinhos brancos preferidos de 2011.

Bétula Branco 2010

Um blend de Sauvignon Blanc e Viognier produzido na freguesia de Barrô. Na Região Demarcada do Douro, concelho de Resende, paredes meias com a região dos Vinhos Verdes.
É daquelas combinações que só provando se pode julgar a escolha das castas.

O resultado é um vinho elegante, com uma acidez revigorante.

Bétula 2010

Um branco que pede camarão frito – divinal.

Sobre a enologia aplicada a este vinho, pelo enólogo Francisco Montenegro. Este vinho como já referi é um blend de 50% de Viognier que fermentou em madeira. Para conferir mais corpo e volume e trabalhar os sabores que esta casta consegue desenvolver em contacto com a madeira.
Os restantes 50% são Sauvignon Blanc, que fermentaram em inox, para manter a essência desta casta.

É isto que mais gosto do mundo dos vinhos, as combinações menos óbvias a produzirem grandes vinhos.

Agora é aguardar pelo 2011 que merece repousar mais umas semanas antes da prova!

Nota: Vinho enviado pela produtora Catarina Montenegro.

Lot18 chega à Europa

A Lot18 chega à Europa através da fusão com a francesa Vinobest. Esta última criada em 2009, por Paul Guillet e Thierry Rochas. O site Francês tinha como princípio simples oferecer aos seus membros bons vinhos com descontos.
Neste espaço de tempo alcançaram um volume de negócios de €750000.
A apresentação da Lot18 Europa, aconteceu no passado dia 19 de Janeiro no Hotel De L’industrie em Paris.

Dou destaque a este acontecimento especialmente porque gosto bastante do estilo de comunicação da Lot18 e sigo com interesse o evoluir das vendas de vinho através da Internet. Desde Abril do ano passado que tenho acompanho o trabalho da lot18 com atenção. As ofertas através de e-mail são muito cuidadas no que toca ao aspecto visual. Sendo uma selecção semanal ao estilo e gosto do mercado americano. Não estando disponível a opção de compra, visto residir em Portugal, ia seguindo apenas as referências e as tendências de preço.

Depois de um primeiro encontro com a nova iorquina Lot18 durante a última Vinexpo Bordéus o negócio consumou-se e a partir de agora os consumidores Franceses e Ingleses vão poder encomendar online as ofertas da lot18 também na Europa.
Os dois fundadores da lot18 são Philip James (fundador da Snooth) e Kevin Fortuna (presidente da Quigo). A empresa começou apenas com os dois e agora são cem empregados do outro lado do Atlântico. A Lot18 apresenta um modelo de venda privada de vinhos e conta criar trinta postos de trabalho na Europa. Nos Estados Unidos até já comercializam outros produtos para além do vinho.

A Lot18 Europa irá contar com um escritório em França e um outro escritório em Inglaterra, e esperam muito rapidamente disponibilizar o site em outras línguas europeias e alargar a distribuição a outros países na europa.
O objectivo continua a ser o mesmo, fornecer cada semana uma selecção de vinhos interessante.
Na loja Europeia vão estar disponíveis denominações francesas, alguns vinhos de Itália, Alemanha e vinhos da região de Sonoma ou Napa Valley.

A concorrência na venda de vinho através da Internet na Europa vai aumentar e espero que o consumidor possa beneficiar com isso.

Que vinhos compraram online ultimamente?